QUAL O PERIGO DE TREINAR POR SENSAÇÕES SEM REGISTO DO NOSSO ESFORÇO?

O objectivo da RUNTREINO é fornecer dados fisiológicos e aplicar os resultados dos testes ao treino e às corridas do mundo real.Um teste VO2 máximo envolve um esforço de exercício gradual. O teste começa num nível muito fácil e aumenta a intensidade até se determinar a fronteira entre o Limiar Aeróbico e Anaeróbico. O oximetro mede o volume, bem como a porcentagem de dióxido de carbono e oxigênio no gás expirado. O limiar aeróbico é a intensidade ou a frequência cardíaca em que um indivíduo queima mais gordura. Usando gordura como combustível, é necessário mais oxigênio para libertar uma determinada quantidade de energia do que na presença de carboidratos como combustível. Isso significa que em baixas intensidades, quando a abundância de oxigênio está disponível para o músculo, a gordura é o combustível preferido. À medida que a intensidade aumenta, em algum momento o sistema cardiovascular não é capaz de transportar proporcionalmente mais oxigénio aos músculos. No limiar anaeróbico, um atleta estará a treinar a contração muscular com intensidade, mas não sente ardor nos músculos e irá ventilar mais vezes por minuto, mas controlado. Acima do limiar anaeróbico, o ácido láctico acumula-se nos músculos e causa fadiga prematura. Conhecer o limiar permite alcançar um nível muito alto de condicionamento cardiovascular sem o desconforto e o dano muscular pelo acúmulo de ácido láctico. O VO2 méximo indica o potencial de um atleta após vários anos de treino sistemático e estruturado. Vo2 maximo vs treino de limiar de lactato, por definição, é a taxa máxima ou ótima na qual o coração, os pulmões e os músculos podem efetivamente usar o oxigênio durante o exercício.O objectivo do treino é tentar aumentar a capacidade do corpo para lidar eficientemente com a produção de lactato. Essencialmente, trabalhar a uma intensidade maior antes que a produção exceda a remoção. Zonas de treino após determinarmos os teus valores fisiológicos são:Zona de Recuperação – 60% a 70% O treino de recuperação ativa deve se enquadrar nessa zona (idealmente para a extremidade inferior). Também é útil para o treino cruzado de pré-temporada e de estação fechada, muito cedo, quando o corpo precisa se recuperar e reabastecer.Zona Aeróbica – 70% a 80% O exercício nesta zona ajudará a desenvolver o sistema aeróbico e, em particular, a capacidade de transportar e utilizar oxigênio. O treino de resistência contínua ou longa, de longa distância, deve se enquadrar nesta zona de freqüência cardíaca.Zona Anaeróbica 80% a 90% Treinar nesta zona ajudará a melhorar a capacidade do seu corpo de lidar com ácido lático. Também pode ajudar a aumentar seu limiar de lactato.E por tudo isto, não é recomendável treinar por sensações se tens objectivos e se queres evoluir.Faz a tua avaliação fisica e procura interpretar os teus dados junto aos especialistas da àrea…

Partilhe este artigo nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

outros Artigos de interesse

Eventos

CALENDÁRIO 2018 DA ATRP

Quais são os teus objectivos para 2018? Estás preparado? Vem connosco… nós vamos contigo até à meta! A Associação de Trail Running de Portugal já

Ler mais >
Eventos

ESTER ALVES, CONTIGO NA META…

Ester Alves é a nova treinadora RunTreino. Onde estás? Onde queres chegar? Qual o teu objetivo? Nós acompanhamos-te na preparação… Nós vamos contigo até à

Ler mais >
Desporto

ECONOMIA DE CORRIDA E VELOCIDADE

Actualmente a RUNTREINO procura conjugar todos amplos conhecimentos e fornecer respostas integradas de Treino e Adaptação à corrida. Não basta termos metas, temos de trabalhar

Ler mais >
+ Saúde

Melhorar o Rendimento

A organização do Campeonato do Mundo de 2018 Penyagolosa Trails HG e a Universitat Jaume sublinham a importância de realizar a espirometria e determinar parâmetros

Ler mais >